A CARDIOVALE - Instituto de Cardiologia do Vale do Paraíba alerta: Pratique exercícios físicos!


2

A CARDIOVALE - Instituto de Cardiologia do Vale do Paraíba alerta: Pratique exercícios físicos!


Atividade física na prevenção e tratamento de doenças do coração 
O exercício físico frequente é capaz de combater a obesidade, regular o açúcar no sangue, reduzir o colesterol e diminuir a pressão arterial. Quando há obstrução parcial das artérias ou o indivíduo já teve infarto, também há indicação de um programa monitorado de atividade física para aumentar o fornecimento de sangue ao coração.

Para realizar exercícios físicos com segurança, alguns cuidados são necessários: 

Não praticar exercícios físicos em jejum;

Aguardar pelo menos 2h após a refeição para realizá-los;

Estar bem hidratado.

Se o exercício físico durar mais de 30 minutos, recomenda-se a reposição de água antes, durante e depois dele; 

Utilizar calçados e roupas adequadas ao tipo de exercício físico;

Começar o exercício físico de forma lenta e progredir gradualmente; 

Ficar atento aos sintomas como:

         Dor ou desconforto no tórax, braço, pescoço ou queixo;

         Palpitações (coração acelerado ou descompassado);

         Dispneia (falta de ar) desproporcionais aos esforços realizados;

         Dores específicas em ossos e articulações.

Quando ocorrerem sintomas, encerrar o exercício físico e procurar o médico imediatamente.

Itens a serem observados para saber se o treinamento físico está muito intenso: 

Não conseguir terminar uma sessão de exercício físico;

Não conseguir conversar durante a execução de uma sessão de exercícios físicos, devido ao aumento da frequência respiratória;

Fraqueza ou náuseas após o exercício físico;

Insônia;

Cansaço ou fadiga crônica;

Inchaço ou dores em articulações.

         É muito importante que antes de iniciar um programa de exercício físico, seja feita uma avaliação clínica;

         Após a liberação médica, consulte um educador físico para programar o seu treinamento de forma adequada e com segurança.


Criado por: Prof. Dr. João Manoel Theotonio dos Santos - 30.07.2016 00:28:20

Voltar